O SindCecierj repudia a volta ao trabalho presencial

O SindCecierj repudia veementemente a decisão da Presidência da Fundação Cecierj fazendo uma interpretação peculiar das normativas internas e estaduais a respeito do trabalho remoto no Estado do Rio de Janeiro.

Essa semana chegamos a ter mais de 4000 mortos em 24h, o que demonstra a situação de total descontrole da pandemia. Em um momento desses NÃO É possível falar em comorbidades e, o que é mais grave, restringir ainda mais quais grupos se enquadram nessas situações.

É ABSURDO que a Fundação Cecierj não faça valer seu nível de autonomia e não reconheça que os servidores e as servidoras da instituição têm trabalhado de forma plena, produtiva e tranquila de forma remota. Somos especialistas na interface entre as tecnologias da informação e da comunicação com a educação e a divulgação científica. Sabemos desempenhar nossos trabalhos remotamente.

É necessário que a atual gestão chegue ao Século XXI, deixe de lado o negacionismo e DIALOGUE com a coletividade de seus servidores. Estamos tentando debater o tema há semanas, sem sucesso. Ofícios, e-mails, telefonemas sem resposta e diálogo interrompido.

FRISAMOS que não aceitaremos que os servidores e as servidoras da Fundação Cecierj exponham suas vidas e de seus familiares à uma situação de risco de MORTE.

A gestão da Fundação Cecierj possui SANGUE NAS MÃOS. Vamos em frente!

Compartilhe

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest